Breve história da música antiga em Minas Gerais

Data da publicação

2005

Orientador(es)

Coordenador(es)

Colaborador(es)

Organizador(es)

Evento

Entrevistador(a)

Entrevistado(a)

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo
Este artigo é o resultado parcial do projeto de pesquisa "Uma Viagem Musical por Minas Gerais: contribuições para a formação de um roteiro turístico na Estrada Real através da música antiga", financiado pela Universidade FUMEC. Existem em algumas cidades da Estrada Real verdadeiros tesouros musicais. A maior parte deles, no entanto, se perdeu. Muitas orquestras coloniais cessaram suas atividades e seus acervos desapareceram. Os acervos que sobreviveram são exemplos de um rico repertório musical colonial que poderia ser um terreno fértil para atrair maestros, pesquisadores e turistas interessados em saber mais das raízes musicais brasileiras. A música antiga mineira, muitas vezes chamada de erudita, não foi feita para uma elite intelectualizada e conhecedora de música. Ao contrário, já no período colonial suas raízes eram populares e ligadas à liturgia do catolicismo. A música destes compositores geniais merece ser conhecida por um público mais amplo.

Descritores

Palavras-chave

Keywords

Citação

PFEFFER, R. S.; LUNA, M. Breve história da música antiga em Minas Gerais. PRETEXTO, Belo Horizonte, v. 6, n. 1, p. 33-44, jul. 2005. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=5058437. Acesso em: 06 jan. 2022.

Relacionado com

Contido em

Licença