As reformas previdenciárias no Brasil e no Chile e seus impactos sobre os benefícios de aposentadoria do regime geral: uma contribuição à análise comparativa

Data da publicação

2009-06-24

Coordenador(es)

Colaborador(es)

Organizador(es)

Evento

Entrevistador(a)

Entrevistado(a)

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Fundação João Pinheiro
Resumo
Este trabalho tem como principal objetivo compreender os atuais benefícios de aposentadoria do regime geral no Brasil e no Chile, considerando-se, para isso, uma análise descritiva dos parâmetros, as diretrizes e os resultados das reformas do sistema previdenciário em ambos os países - ou seja, no Brasil, nos anos 1998 e 2003, e no Chile, nos anos 1980 e 2008 - , de forma a contribuir para o debate acerca dos modelos de reforma previdenciária em andamento, assim como de suas vicissitudes e possibilidades. Para isso, sob o referencial teórico do estado de bem-estar, os sistemas previdenciários de ambos os países são abordados segundo a perspectiva histórico-estrutural, quando se busca compreender as variáveis determinantes de suas respectivas estruturações ao longo do tempo bem com de seus respectivos desempenhos recentes. Também são discutidas questões relacionadas à estatização em contraposição, considerando-se os seguintes aspectos: variações, tendências e principais proposições face à dinâmica demográfica, características do mercado de trabalho e condições de financiamento e despesas. Ao final, são debatidas particularidades inerentes às perspectivas dos dois sistemas previdenciários

Descritores

Palavras-chave

Keywords

Citação

GOMES, Jane Pinto. As reformas previdenciárias no Brasil e no Chile e seus impactos sobre os benefícios de aposentadoria do regime geral: uma contribuição à análise comparativa. 2009. 144 f. Dissertação (Mestrado em Administração Pública) - Fundação João Pinheiro, Belo Horizonte, 2009.

Relacionado com

Contido em

Licença