O conservadorismo saiu do armário!: a luta contra a ideologia de gênero do movimento Escola Sem Partido

Data da publicação

2016

Orientador(es)

Coordenador(es)

Colaborador(es)

Organizador(es)

Evento

Entrevistador(a)

Entrevistado(a)

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo
Este artigo aborda a luta do Movimento Escola Sem Partido (MESP) contra o que esse movimento denomina “ideologia de gênero”. Afinal, o que é o MESP e o que propõe? Qual o seu programa escolar e o que esse programa pretende impor através da aprovação de projetos de lei nos âmbitos municipal, estadual e federal? Por que a discussão de gênero, corpo e sexualidade deve ser banida das escolas, de acordo com o MESP? Ao longo do artigo, procurou-se apresentar respostas preliminares para essas questões.

Abstract
This article addresses the Brazilian movement “School without Political Parties” (MESP), organizad against what they call “gender ideology”. After all, what is MESP as a movement and what are their propositions? What is their school programme and what do MESP intend to impose by approving laws at the municipal, state and federal levels with this programme? Why should the discussion of gender, body and sexuality be banned from schools, according to MESP? Throughout the article, we sought to present preliminary answers to these questions.

Descritores

Palavras-chave

Citação

AMORIM, M. A.; SALEJ, A. P. O conservadorismo saiu do armário: a luta contra a ideologia de gênero do movimento Escola Sem Partido. Revista Ártemis, João Pessoa, v. 22, n. 1, p. 32-42, jul./dez. 2016. Disponível em: http://www.repositorio.fjp.mg.gov.br/handle/123456789/3296. Acesso em: 27 dez. 2021.

Relacionado com

Contido em

Licença