Teletrabalho em regime especial : um estudo sobre o impacto na saúde mental na perspectiva dos servidores da Seplag/MG

Data da publicação

2021

Coordenador(es)

Colaborador(es)

Organizador(es)

Evento

Entrevistador(a)

Entrevistado(a)

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo
Em março de 2020, foi declarado que o vírus da Covid-19 havia atingido o estado de transmissão comunitária no Brasil. De forma a tomar as devidas providências no combate a pandemia, no dia 15 de maio foi instituído o Comitê Covid-19, que deliberou no dia 16 de março sobre a implantação do regime especial de teletrabalho nos órgãos, autarquias e fundações mineiras, incluindo a Seplag/MG. Assim, o presente estudo busca analisar o impacto do regime especial de teletrabalho na percepção dos servidores da Seplag/MG. Para referenciar a análise, foi realizada uma revisão bibliográfica a respeito do teletrabalho e da psicodinâmica do trabalho, utilizando conceitos elucidados por Christophe Dejours. A pesquisa contemplada pelo estudo possui caráter descritivo de abordagem qualitativa. Foram realizadas entrevistas em profundidade com roteiro semiestruturado, que envolveram sete servidores da Seplag/MG. Para a análise dos dados, utilizou-se a metodologia da análise de conteúdo. Os resultados obtidos foram reunidos em sete categorias iniciais e, posteriormente, apresentados em quatro categorias finais: organização do trabalho; relações socioprofissionais; condições de trabalho; e teletrabalho em isolamento social. Sobressai-se desta pesquisa que mesmo sem um planejamento prévio do poder executivo mineiro, e apesar das dificuldades iniciais, o teletrabalho em regime especial tem conseguido abarcar muito bem as demandas das equipes. Pôde ser observado um aumento na produtividade, uma melhora na comunicação e na qualidade de vida dos servidores, evidenciando uma possível fonte de prazer no trabalho para estes. Contudo, alguns fatores apresentaram-se como possíveis fontes de sofrimento, como condições de trabalho inadequadas e a dificuldade em se estabelecer limites entre a vida laboral e a vida privada. Tais pontos mostraram-se críticos em uma eventual continuidade do regime de trabalho remoto após o período de calamidade pública.

Abstract
In March 2020, it was declared that the Covid-19 virus reached the state of community transmission in Brazil. In order to take the necessary measures to combat the pandemic, on May 15 the Covid-19 Committee was established. They decided, on March 16, on the implementation of the special teleworking regime in Minas Gerais’ public agencies, including the Seplag/MG. Thus, the present study seeks to analyze the impact of the special teleworking regime on the perception of Seplag/MG public workers. To reference the analysis, a bibliographic review was done regarding telework and psychodynamics of work, using concepts explained by Christophe Dejours. The research has a descriptive objective with a qualitative approach. It was decided to conduct in-depth interviews with a semistructured script, and involved seven public workers from Seplag/MG. For the analysis of the data based, the methodology of the content analysis was used. The results were grouped into seven initial categouries and then regrouped into four final categories: work organization; social professional relationships; work conditions; and teleworking in social isolation. It stands out from this research that even without previous planning by the Minas Gerais government, and despite the initial difficulties, teleworking under a special regime has managed to cover very well the demands of the teams. It was possible to observe an increase in productivity, an improvement in the communication and in the quality of life of the employees, showing a possible source of pleasure at work for them. However, some factors are associated with possible sources of suffering, such as inadequate working conditions and a difficulty in establishing boundaries between work and private life. Such points are critical in an eventual continuity of the teleworking regime after the period of public calamity.

Descritores

Palavras-chave

Citação

MARTINS, Lucca Moreira. Teletrabalho em regime especial : um estudo sobre o impacto na saúde mental na perspectiva dos servidores da Seplag/MG. 97 f. Monografia (Graduação em Administração Pública) – Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, Fundação João Pinheiro, Belo Horizonte, 2021

Relacionado com

Contido em

Licença

Coleções