A escolha por localização dos domicílios com idosos: o caso do município de Belo Horizonte

Data da publicação

2003

Orientador(es)

Coordenador(es)

Colaborador(es)

Organizador(es)

Evento

Entrevistador(a)

Entrevistado(a)

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo
O artigo tem como objetivo analisar as escolhas por localização, entre as nove Administrações Regionais que compõem o Município de Belo Horizonte, dos domicílios habitados por pelo menos uma pessoa com mais de 60 anos. Para a determinação das categorias domiciliares utilizou-se o conceito de Unidades Domiciliares Mínimas (UDM) desenvolvido por Ermisch e Overton. Foi aplicado o modelo de escolhas discretas, que permite o cálculo de probabilidades de escolha a partir dos diferentes atributos apresentados pelas regiões. A escolha racional do consumidor é a base teórica que subsidia a elaboração do modelo.

Abstract
This article aims to analysis the choices for location, among the nine Regional Administrations that compose the County of Belo Horizonte, of the households inhabited by at least one person over the age of sixty years. For the determination of the home categories, it is utilized the concept of Minimal Home Unity (UDM), developed by Ermisch and Overton. The model applied was the discrete choices, and it allows the calculation of the probabilities of choices by the different attributes presented by regions. The rational choice of the consumer is the theoric base that subsides the elaboration of the model.

Palavras-chave

Citação

FERREIRA, F. P. M. A escolha por localização dos domicílios com idosos: o caso do município de Belo Horizonte. Revista Brasileira de Estudos de População, Campinas, v. 20, n. 2, p. 13-37, jul./dez. 2003. Disponível em: https://rebep.org.br/revista/article/view/293. Acesso em: 27 jan. 2022.

Relacionado com

Contido em

Licença