Análise do treinamento do grupo especializado em prevenção motorizada ostensiva rápida na 10ª região da Polícia Militar

Data da publicação

2013-03-27

Coordenador(es)

Organizador(es)

Evento

Entrevistador(a)

Entrevistado(a)

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo
O objetivo desta pesquisa é analisar o treinamento do Grupo Especializado em Prevenção Motorizada Ostensiva Rápida (GEPMOR) na 10ª Região da Polícia Militar, entre 2010 e 2012. A formatação de um treinamento específico para o GEPMOR é importante para a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), tendo em vista que a PMMG ainda não possui doutrina consolidada a respeito. De outro lado, grupos estão sendo formados a cada dia em todo o Estado de Minas Gerais, utilizando a antiga doutrina do Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (GIRO) do Estado de Goiás, com algumas inovações introduzidas pelas regiões que treinam e capacitam policiais militares para prestarem o serviço do GEPMOR. Destaca-se a importância deste estudo, primeiro, por investigar se os treinamentos desenvolvidos pela 10ª RPM encontram-se atualizados e convergentes com as orientações insertas nos cadernos doutrinários da PMMG e se estes estão alinhados com as modernas técnicas que tratam do assunto, uma vez que esta Região é frequentemente demandada para treinar equipes do GEPMOR em outras Regiões; e, segundo, por verificar o impacto que a falta de uma doutrina específica para o GEPMOR pode trazer para a manutenção e o treinamento das equipes. Trata-se de uma pesquisa exploratória, para a qual foi realizada uma pesquisa de campo contemplando a criação de grupos focais com integrantes do GEPMOR e do Grupo de Intervenção Rápida Ostensiva (GIRO) de Goiânia e a aplicação de entrevistas semiestruturadas com os coordenadores de policiamento das unidades e com o Subcomandante da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar do GIRO (6ª CIPM) na cidade de Goiânia, como forma de coletar as diferentes percepções sobre a necessidade do treinamento. Os levantamentos sobre as necessidades de treinamento revelaram-se igualmente necessários, uma vez que expressam características essenciais para o desempenho do GEPMOR dentro da Instituição. Sobressai desta pesquisa que avaliar a qualidade do treinamento do GEPMOR constituiu-se em seu objetivo principal, pois dentro da PMMG não foi realizado nenhum estudo que abrangesse o tema com tal profundidade. Da mesma maneira, inexiste na Instituição doutrina específica que regule o treinamento e a execução do serviço do GEPMOR. Conclui-se que o treinamento ministrado pela 10ª RPM, mesmo que de forma não consolidada, está atualizado e que suas técnicas encontram-se convergentes com os cadernos doutrinários da PMMG e com a doutrina do GIRO. No entanto, reconhece-se a necessidade de se confeccionar um Caderno Doutrinário específico para o treinamento do GEPMOR, uma vez que se concluiu também que a falta de instrução ou de uma doutrina específica para o serviço dificulta a orientação para o treinamento e para o emprego das equipes.

Abstract
The objective of this research is to analyze the training of Specialist Group in Rapid Ostensive Motorized Prevention (GEPMOR) in the 10th Military Police Region, between 2010 and 2012. Formatting a specific training for GEPMOR is important for the Minas Gerais Military Police (PMMG), considering that the PMMG has not yet consolidated doctrine about it. On the other hand, groups are being formed every day throughout the state of Minas Gerais, action guided by the ancient doctrine of Ostensive Rapid Intervention Group (GIRO) of the state of Goiás, with some innovations introduced by the regions those train and empower military police to provide the service GEPMOR. It highlights the importance of this study, first, to investigate whether the training developed by the 10th RPM are updated and converged with the guidelines inserts in PMMG Doctrinal Books and if they are aligned with the modern techniques that deal with the issue, once that this region is often demanded to train GEPMOR teams in other regions, and second, to verify the impact that the lack of a specific doctrine for GEPMOR can bring to the maintenance and the training to local staff. This is an exploratory research, for which a field research was conducted contemplating the creation of focus groups with members from GEPMOR and from Ostensive Rapid Intervention Group (GIRO) of Goiânia and applying semi-structured interviews with the units policing coordinators and with the Deputy Commander of the 6th Military Police Independent Company of GIRO (6th CIPM) in Goiânia City, in order to collect the different perceptions about the need for training. The surveys on training needs also proved necessary, since they express the essential characteristics for performance GEPMOR within the institution. It emerges from this research that evaluating the quality of GEPMOR training consisted in its main goal, because within the PMMG there is no study covering the subject with such depth. Likewise, there is no specific doctrine in the institution that regulates the training and execution of GEPMOR service. It concludes that the training provided by the 10th RPM, even on an unconsolidated basis, it is updated and its techniques are converging with the PMMG Doctrinal Books and the doctrine of GIRO. However, it recognizes the need to manufacture a specific Doctrinal Book for GEPMOR training, since it also concluded that the lack of instruction or of a specific doctrine for the GEPMOR service hinders the orientation for training and employment of the teams in the GEPMOR service.

Descritores

Palavras-chave

Citação

Relacionado com

Contido em

Licença

Coleções