Análise da trajetória da produção científica e tecnológica do estado de Minas Gerais de 2002 a 2017

Data da publicação

2019

Coordenador(es)

Colaborador(es)

Organizador(es)

Evento

Entrevistador(a)

Entrevistado(a)

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo
A trajetória e o perfil da produção científica e tecnológica no estado de Minas Gerais envolvem um amplo papel do Sistema Nacional de Inovação e do Sistema Mineiro de Inovação. No entanto, pouco se sabe acerca do comportamento e das características da Ciência e da Tecnologia (C&T) no estado ao longo dos últimos anos. Portanto, o trabalho buscou analisar a trajetória e o perfil da produção científica e tecnológica de Minas Gerais. Para tal, foram utilizados dados do Web of Science, do Instituto Nacional da Propriedade Industrial, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística e da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais, tanto no intuito de calcular os indicadores de artigo científicos por milhão de habitantes, depósitos de patentes por milhão de habitantes e concessões de patentes por milhão de habitantes, quanto no intuito de analisar dados que caracterizassem o estado na área. Os resultados obtidos mostraram que de 2002 a 2017 a produção científica em Minas Gerais cresceu, enquanto não foi possível observar padrões claros para a produção tecnológica. Minas Gerais encontra-se entre os estados que mais se destacam nos campos analisados, no entanto, ainda demanda um maior aperfeiçoamento na área de C&T se quiser atingir padrões mais elevados. Quanto a seu perfil, a análise dos dados mostra uma produção científica realizada com colaborações nacionais e estrangeiras, focada principalmente em áreas das ciências da vida e biomedicina, com participações majoritárias das instituições de ensino e pesquisa federais. A produção tecnológica se mostra mais focada na área de ciências biológicas e biotecnologia, apresentando uma baixa taxa média de concessão de patentes. Assim, o trabalho mostra que ao longo dos últimos anos muito se tem avançado, no entanto, ainda é preciso investir para que o estado possa obter melhores resultados que de fato gerem maiores impactos na vida da sociedade.

Abstract
The trend and profile of scientific and technological production in Minas Gerais state encompass a wide role of the National and Minas Gerais state Innovation System. However, little is known about the recent behavior and characteristics of the state’s Science and Technology. For this purpose, data from the National Institute of Industrial Property’s Science Web, of the Brazilian Geography and Statistics and from the Foundation for Research Support of Minas Gerais was used with the objective of both, calculating scientific papers per million inhabitants indicator and number of patents applications per million inhabitants as well as with the objective of analyzing data which characterized the state within this area. The obtained results demonstrate that from 2002 to 2017 the scientific production in Minas Gerais increased, while it was not possible to note clear standards for technological production. Minas Gerais stands out among the states within the analyzed field, however there is a need of more improvement in the Science and Technology area if it seeks to reach higher standers. The data analyzes profile indicates a scientific production done with national and international cooperation, primarily focused in the life science and biomedical areas, with major participation of federal learning and research institutions. The technological production is more focused in the biological science and biotechnology areas, with a low average rate of patents concessions. This paper demonstrates that a lot has been done during the last years, however more investments are needed so that the state can reach better results, which in fact generates grater impacts in society’s life.

Descritores

Palavras-chave

Citação

TEIXEIRA, Marina Lehman. Análise da trajetória da produção científica e tecnológica do estado de Minas Gerais de 2002 a 2017. 137 f. Monografia (Graduação em Administração Pública) – Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, Fundação João Pinheiro, Belo Horizonte, 2019

Relacionado com

Contido em

Licença

Coleções