Gestão do conhecimento no GERAES: análise das práticas e ferramentas utilizadas e eventuais impactos do plano estadual de gestão do conhecimento

Data da publicação

2015

Coordenador(es)

Colaborador(es)

Organizador(es)

Evento

Entrevistador(a)

Entrevistado(a)

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo
A Gestão do Conhecimento (GC) nas organizações se configura como um processo dinâmico, contínuo e estratégico de aprendizado, no qual o conhecimento é criado, compartilhado e armazenado de forma a ampliar a eficiência nos processos e procedimentos de trabalho e evitar o retrabalho e a repetição de erros. O presente trabalho, que foi desenvolvido atravésde pesquisa bibliográfica e documental, caracterizada como qualitativa, tem como objetivo central analisar como é abordada e estruturada a temática da GC no âmbito do Núcleo Centralde Gestão Estratégica de Projetos e do Desempenho Institucional (GERAES), órgão responsável pelo planejamento e monitoramento dos projetos e processos estratégicos do Estado de Minas Gerais, a partir da análise das práticas e ferramentas de GC utilizadas nos processos internos e de possíveis impactos do Plano Estadual de Gestão do Conhecimento nos processos de criação, compartilhamento e armazenamento do conhecimento organizacional e de informações estratégicas. Por meio da análise das entrevistas, percebeuse a ausência de ações sistematizadas de GC no órgão, o que é um fator crítico ao se considerar que o GERAES está vinculado à Subsecretaria de Gestão da Estratégia Organizacional (SUGES) da SEPLAG, que é o órgão responsável pela implantação da referida política. Dessa forma, a falta de estruturação de uma metodologia especifica para as práticas e ferramentas de GC utilizadas no âmbito do GERAES, compromete os processos de criação, armazenamento e o compartilhamento de informações e conhecimentos extremamente relevantes para o Estado e os cidadãos. Tal fato aponta que o Plano Estadual de Gestão do Conhecimento não produziu resultados significantes na atuação do GERAES. As iniciativas de utilização das práticas e ferramentas de GC se mostraram pontuais, de forma desintegrada e sem visão sistêmica. Apesar dos membros da equipe compreenderem a relevância e importância da temática, poucos avanços estruturais são percebidos. O processo de GC é complexo e depende de uma cultura organizacional, do apoio da liderança e de ferramentas tecnológicas pertinentes, que auxiliem a integração, transferência, compartilhamento e armazenamento do conhecimento organizacional.

Abstract
The Knowledge Management (KM) in organizations is configured as a dynamic, continuous and strategic learning process in which knowledge is created, shared and stored in order to increase efficiency in the processes and working procedures and avoid rework and repetition of mistakes. The case of this study, which was developed through bibliographic and documentary research, characterized as qualitative, aims to understand how occurs the process of KM in the Project Management office of the State of Minas Gerais (GERAES), responsible for planning and monitoring the state strategic projects and processes, from the analysis of practices and KM tools used and possible impacts of the State Policy of Knowledge Management. By analyzing the interviews, it was noticed the absence of a KM policy structured in GERAES, which is critical when considering that the office is linked to the Management Division of the Corporate Strategy (SUGES) of SEPLAG, which is the state secretary responsible for the implementation of the policy. Thus, the lack of a specific methodology to structure the GC in the office undertakes the storage and sharing of information and extremely relevant knowledge for the state and citizens. The paper highlights that the State of Knowledge Management Policy has not produced significant results in the work of GERAES. The use of practices and tools of KM occurs disintegrated and without systemic view. Despite the members of GERAES understand the relevance and importance of this topic, few structural advances are perceived. The KM process is complex and depends on a strong cultural structure, the support of the leadership and relevant technological tools, to assist the integration, transfer, sharing and storage of knowledge.

Descritores

Palavras-chave

Citação

LIMA, André Assumpção e. Gestão do conhecimento no GERAES: análise das práticas e ferramentas utilizadas e eventuais impactos do plano estadual de gestão do conhecimento. 83 f. Monografia (Graduação em Administração Pública) – Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, Fundação João Pinheiro, Belo Horizonte, 2015

Relacionado com

Contido em

Licença

Coleções