Gerenciamento de risco nas inspeções sanitárias de indústrias farmacêuticas: principais indicativos de impacto do modelo adotado em Minas Gerais

Data da publicação

2020

Orientador(es)

Coordenador(es)

Colaborador(es)

Organizador(es)

Evento

Entrevistador(a)

Entrevistado(a)

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo
O gerenciamento de risco emerge como um modelo de gestão na área de saúde pública que visa o melhor uso dos recursos com a garantia da qualidade dos serviços. O presente trabalho analisou os principais indicativos de impacto da adoção do modelo de gerenciamento de risco implementado pela Vigilância Sanitária de Minas Gerais em indústrias farmacêuticas do segmento de medicamentos e insumos farmacêuticos. O estudo caracterizou-se de levantamento bibliográfico, documental e de campo, com questionários direcionados a representantes das indústrias farmacêuticas produtoras de medicamentos e insumos farmacêuticos ativos (IFA) de Minas Gerais, submetidas a fiscalização da Visa, e de entrevistas semiestruturadas com responsáveis técnicos de 4 indústrias de medicamentos localizadas na Região Metropolitana de Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, e com 2 gestores e inspetores do corpo técnico da Vigilância Sanitária de Minas Gerais, além de observação participante com o intuito de melhor compreender os fluxos internos da rotina de trabalho da Visa Estadual. A pesquisa evidenciou indícios e percepções positivas em relação ao modelo de gerenciamento de risco adotado pela Vigilância Sanitária em indústrias farmacêuticas, de forma que apurou indicativos de impacto favoráveis tanto para o governo quanto para as empresas em questão.

Abstract
Risk management emerges as a management model in the public health area that aims at the best use of resources while ensuring the quality of services. This paper analyzes the main indications of the impact of adopting the risk management model implemented by the Sanitary Surveillance of Minas Gerais in pharmaceutical industries of the pharmaceuticals and active pharmaceutical ingredients segment. The study was characterized through bibliographic, documentary and field survey with questionnaires directed to representatives of the pharmaceutical industries producing pharmaceuticals and active pharmaceutical ingredients (API) of Minas Gerais, subjected to Visa supervision and semi-structured interviews with technical leaders of 4 drug industries located in the Belo Horizonte Metropolitan Region, Minas Gerais, Brasil, and with 2 managers and inspectors of the technical staff of the Minas Gerais Sanitary Surveillance, and participant observation in order to better understand the internal flows of the work routine of the State Visa. The research showed evidence and positive perceptions regarding the risk management model adopted by the Health Surveillance in pharmaceutical industries, and found indicative of favorable impact for both the government and the companies in question.

Descritores

Palavras-chave

Citação

DUFLOTH, S. C.; RODRIGUES, P.; CALDEIRA, M. G. N. Gerenciamento de risco nas inspeções sanitárias de indústrias farmacêuticas: principais indicativos de impacto do modelo adotado em Minas Gerais. Revista de Gestão do Sistema de Saúde,São Paulo, v. 9, n. 1, p. 94-118, jan./abr. 2020. Disponível em: https://periodicos.uninove.br/revistargss/article/view/14769. Acesso em: 07 jan. 2022.

Relacionado com

Contido em

Licença