Fatores associados ao uso do tabaco, bebida alcoólica e prática de atividade física entre os jovens de Minas Gerais

Data da publicação

2017

Orientador(es)

Coordenador(es)

Colaborador(es)

Organizador(es)

Evento

Entrevistador(a)

Entrevistado(a)

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo
Introdução: Rotinas de saúde adquiridas na infância e adolescência tendem a se transferir para idades adultas, daí a pertinência da abordagem nestas populações específicas. Objetivo: Este artigo teve como objetivo traçar um perfil dos hábitos de vida saudáveis e de comportamento de risco à saúde da população jovem (15 a 29 anos) de Minas Gerais, em 2011, e verificar o impacto das variáveis individuais, socioeconômicas e regionais nos hábitos de risco e de vida saudável dessa população. Metodologia: Utilizaram-se análises multivariadas por regressão logística binária, tendo como base os dados da Pesquisa por Amostra Domiciliar de Minas Gerais de 2011. Resultados: Os resultados indicaram que apenas 15,1% dos jovens de Minas Gerais realizavam atividades físicas, segundo uma frequência mínima estabelecida. Na população estudada, 21,7% consumiam bebidas alcoólicas e a prevalência de fumantes era de 8,6%, com destaque para aqueles do sexo masculino e com menores níveis de instrução. Quanto mais escolarizado o jovem, menor a chance de fumar e maior a de praticar atividade física no tempo livre. Um resultado interessante foi a forte associação entre o tabagismo e o consumo de bebida alcoólica. Considerações Finais: Conclui-se que, apesar de o estudo não analisar a relação de causalidade entre esses dois hábitos nocivos à saúde, essas duas variáveis podem ser uma proxy do estilo de vida do jovem, possivelmente com determinantes comuns.

Abstract
Introduction: Health routines acquired in childhood and adolescence tend to be transferred to adult ages, hence the relevance of the approach in these specific populations. Objective: This article aimed to outline a profile of the healthy life habits and health-risk behaviors of the youth population (15 to 29 years of age) of Minas Gerais state in 2011, as well as to verify the impact of individual, socioeconomic and regional variables of risk factors and of healthy lifestyle of this population. Results: Only 15.1% of the young people of Minas Gerais performed physical activities, according to a minimum frequency established. In the studied population, 21.7% consumed alcoholic beverages and the prevalence of smokers was 8.6%, especially among males with lower levels of education. The more educated, higher the chance to smoke and the opportunity to practice free-time physical activity. An interesting result was the strong association between smoking and alcohol consumption. Conclusion: Although the study does not analyze the causal relationship between these two health damaging habits, the two variables may be a proxy for a young person’s lifestyle, possibly with common determinants.

Descritores

Palavras-chave

Citação

RIANI, J. L. R. et al. Fatores associados ao uso do tabaco, bebida alcoólica e pratica de atividade física entre os jovens de Minas Gerais. GERAIS: Revista de Saúde Pública do SUS/MG, v. 5, n. 2, p. 47-60, jul./dez. 2017. Disponível em: http://repositorio.esp.mg.gov.br:8080/xmlui/bitstream/handle/123456789/347/Revista-Gerais_Volume-5_Numero-2_Julho-dezembro-2017.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 05 mai. 2022.

Relacionado com

Contido em

Licença