O comportamento da indústria de transformação brasileira após a crise de 2009: uma análise comparativa de indicadores de inovação tecnológica, a partir da PINTEC

dc.contributor.advisorRocha, Elisa Maria Pinto da
dc.contributor.memberMoraes, Leonardo Barbosa de
dc.contributor.memberDufloth, Simone Cristina
dc.creatorZaghloul, Bernardo Campospt_BR
dc.date.accessioned2016-12-02T13:09:27Z
dc.date.accessioned2023-11-06T14:24:57Z
dc.date.available2016-12-02
dc.date.available2016-12-02T13:09:27Z
dc.date.available2023-11-06T14:24:57Z
dc.date.issued2016
dc.degree.date2016-06-23
dc.degree.departamentEscola de Governo Paulo Neves de Carvalhopt_BR
dc.degree.grantorFundação João Pinheiropt_BR
dc.degree.levelGraduaçãopt_BR
dc.degree.localBelo Horizontept_BR
dc.degree.programCSAP XXX/2016pt_BR
dc.description.abstractDesde a segunda metade do século XX, intensificaram-se os estudos sobre inovação tecnológica que visam compreender o processo de inovação, o comportamento dos agentes, a ação governamental na seara, as características de ambientes que induzem a inovação e a maneira como os contextos econômicos influenciam os esforços para inovar – aprofundamentos da compreensão e conceituação do fenômeno. Esse estudo objetiva analisar o comportamento das empresas inovadoras pertencentes à indústria de transformação no Brasil, considerando-se como recorte analítico temporal os períodos anterior e posterior à crise econômica vivenciada pelo Brasil, sobretudo, a partir de 2009, e melhor compreender quais aspectos da inovação tecnológica foram mais fortemente influenciados pela crise, bem como quais segmentos (por intensidade tecnológica) e setores da indústria de transformação sofreram mais forte influência. Para tanto, essa monografia, que consiste em uma pesquisa descritiva, utiliza dados da Pesquisa de Inovação Tecnológica (PINTEC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), para os períodos 2006-2008 e 2009-2011, para obter indicadores de inovação tecnológica capazes de retratar um panorama recente e evidenciar as influências da crise econômica no comportamento inovativo das empresas industriais. Selecionaram-se seis indicadores de inovação tecnológica e treze setores da indústria de transformação, segmentados por intensidade tecnológica (alta, média-alta, média-baixa e baixa). Observa-se que, de modo geral, os dispêndios das empresas em atividades inovativas foram deteriorados e que o segmento de média-alta intensidade tecnológica foi o mais negativamente influenciado. Compreender o comportamento dos atores frente a conjunturas econômicas desfavoráveis à inovação é necessário para a formulação de políticas públicas de inovação mais efetivas e essa pesquisa fornece, por conseguinte, relevantes subsídios para o amadurecimento do ambiente brasileiro de inovação tecnológica.pt_BR
dc.description.abstractenSince the second half of the 20th century, the production of studies about technology innovation have been intensified aiming to comprehend the proccess os innovation, the agents behavior, the governmental action, the characteristics of innovation-friendly environments and the way economic scenarios affect the innovative efforts – deepening the understanding and conceptualization of the phenomenon. This study aims to analyze the behavior of the innovative companies that belong to manufacturing industry in Brazil, considering as temporal analytical approach the periods before and after the economic crisis faced by the country, mainly from the year of 2009, and to better comprehend which aspects of technology innovation and which industry segments and sectors were most influenced by the economic crisis. Therefore, this study – that consists in a descriptive research – uses Pesquisa de Inovação Tecnológica (PINTEC) data, by Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), for the periods of 2006-2008 and 2009-2011, to obtain technology innovation indicators capable of portraying a recent overview and highlighting the influences of the economic crisis on innovative behavior of industry companies. This study selects six technology innovation indicators and thirteen manufacturing industry sectors, segmented by technology intensity. Altogether, it is noted that companies expenditures in technology innovation have decreased and that medium-high technology intensive was the most negatively influenced segment. Comprehending agents behavior owing to adverse economic situation is necessary to formulate more effective innovation public policies, and this study, thus, provides relevant subsidies to make brazilian innovation environment more mature.en
dc.description.vcgeGoverno e Políticapt_BR
dc.identifier.citationZAGHLOUL, Bernardo Campos. O comportamento da indústria de transformação brasileira após a crise de 2009: uma análise comparativa de indicadores de inovação tecnológica, a partir da PINTEC. 66 f. Monografia (Graduação em Administração Pública) – Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, Fundação João Pinheiro, Belo Horizonte, 2016pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.fjp.mg.gov.br/handle/mono/2210
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subject.enTechnology Innovationen
dc.subject.enTechnology Innovation Indicatorsen
dc.subject.enManufacturing Industryen
dc.subject.enInternational Economic Crisisen
dc.subject.otherInovação Tecnológicapt_BR
dc.subject.otherIndicadores de Inovação Tecnológicapt_BR
dc.subject.otherIndústria de Transformaçãopt_BR
dc.subject.otherCrise Econômica Internacionalpt_BR
dc.titleO comportamento da indústria de transformação brasileira após a crise de 2009: uma análise comparativa de indicadores de inovação tecnológica, a partir da PINTECpt_BR
dc.typeMonografiapt_BR

Arquivos

Pacote Original
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Carregando...
Imagem de Miniatura
Nome:
O comportamento da indústria de transformação brasileira após a crise de 2009.pdf
Tamanho:
1.23 MB
Formato:
Adobe Portable Document Format
Licença do Pacote
Agora exibindo 1 - 1 de 1
Nenhuma Miniatura disponível
Nome:
license.txt
Tamanho:
1.53 KB
Formato:
Plain Text
Descrição:

Coleções