Identificação dos setores-chave dos territórios de desenvolvimento de Minas Gerais em 2008

Data da publicação

2017

Orientador(es)

Coordenador(es)

Colaborador(es)

Organizador(es)

Evento

Entrevistador(a)

Entrevistado(a)

Título da Revista

ISSN da Revista

Título de Volume

Editor

Resumo
Sob a perspectiva de produção de informações que fomente políticas públicas de desenvolvimento regional, o presente artigo visa identificar os setores-chave dos territórios de desenvolvimento do estado de Minas Gerais através de técnicas de identificação de atividades principais que utilizam a análise de Matriz de Insumo-Produto (MIP): os índices de interligação de Rasmussen-Hirschman, índices puros de ligação e os campos de influência. Para isso, recorreu-se a regionalização da Matriz de Insumo-Produto de Minas Gerais de 2008 em 17 territórios viabilizada pela criação de uma base de dados de valor adicionado para 40 setores dos 853 municípios de Minas Gerais para o mesmo ano. Os resultados permitiram confirmar a hipótese de que os setores-chave dos territórios são diferentes daqueles identificados para Minas Gerais. De maneira geral, os serviços de informação, os serviços prestados às empresas, os produtos químicos, a indústria de alimentos e bebidas e, em alguns territórios, a fabricação de aço e derivados se destacaram. De forma específica e localizada, setores como transporte, a extrativa mineral, a agricultura, indústria têxtil, o comércio e a pecuária e pesca se sobressaíram.

Abstract
From the perspective of information production that promotes public policies of regional development, this article aims to identify the key sectors of the development territories of the state of Minas Gerais through techniques of identification of the main activities that use the Input-Output Matrix (IOM): the Rasmussen-Hirschman interconnection indexes, pure linkage indices and the influence fields. For this purpose, the regionalization of the Input-Output Matrix of Minas Gerais of 2008 in 17 territories was made possible by the creation of a database of added value for 40 sectors of the 853 municipalities of Minas Gerais for the same year. The results allowed to confirm the hypothesis that the key sectors of the territories are different from those identified for Minas Gerais. In general, information services, business services, chemicals, the food and beverage industry and, in some territories, the manufacture of steel and derivatives have stood out. In a specific and localised manner, sectors such as transportation, extractive mineral, agriculture, textile industry, trade and livestock and fishing stood out.

Descritores

Palavras-chave

Citação

GONÇALVES, C. C. S. Identificação dos setores-chave dos territórios de desenvolvimento de Minas Gerais em 2008. Revista de Desenvolvimento Econômico – RDE, Salvador, a. XIX, v. 3, n. 38, p. 247-266, dez. 2017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.21452/rde.v3i38.4963. Acesso em: 19 abr. 2022.

Relacionado com

Contido em

Licença